Wolverine – Arma X

Wolverine: Arma X - Capa

Wolverine: Arma X – Capa

Nem vou comentar nada sobre a coleção a partir de agora! haha

E ai pessoal, tudo certo?

Bom, o que falar de um clássico?

Acho que um bom jeito de começar é fazendo a já tradicional, sinopse.

A história começa com Logan sendo sequestrado e levado a um laboratório. Nesse laboratório ele é submetido a diversos experimentos que visam colocar Adamantium dentro do seu corpo.

Durante o processo eles vão percebendo que Logan não é um humano normal, que ele tem algo que as outras pessoas não têm e isso, no final, vai fazer toda a diferença.

Continuar lendo

Guerra Civil (Marvel)

Guerra Civil - Capa

Guerra Civil – Capa

Acho que já devo ter falado em alguma outra resenha, mas a expectativa é uma m*rda né?

Bom dia povo!

Adivinha se eu não vou fazer uma resenha da coleção da Marvel?! Dessa vez a sortuda que vai ser resenhada é Guerra Civil.

Essa é uma das histórias mais famosas da Marvel, ouvia muita gente falar e estava realmente ansioso para ver quando ela chegaria nas bancas.

Bom, antes das opiniões, melhor fazer uma sinopse para contextualizar quem não conhece essa revista.

Continuar lendo

Leituras de Junho

E ai pessoal, que tal mostrar para vocês o que eu li durante o mês passado?!

Vou começar aqui uma coisa um pouco diferente, vou falar sobre o que eu li durante o mês que passou, seja mangá, HQ ou livro, vou comentar aqui o que foi que eu li.

Não tenho um ritmo de leitura muito rápido então pode ser que não tenha tanta coisa assim para mostrar aqui, mas vamos ver como vai ser no passar dos meses.

Continuar lendo

Demolidor – Diabo da Guarda

Demolidor: Diabo da Guarda - Capa

Demolidor: Diabo da Guarda – Capa

Olha eu aqui falando da coleção da Marvel de novo!

Uma coisa que eu tenho reparado nessa coleção é como a galera gosta de começar as histórias com tragédia.

E essa não podia ser diferente.

A revista começa com uma carta de despedida de Karen Page para Matthew Murdock e, enquanto a carta é “lida” em forma de fala de narrador, vemos uma mulher com uma criança no colo fugindo e nosso herói em um confessionário começando a conversar com o padre.

Continuar lendo